Nova onda de ataques a banco assusta SSP, que fala em ação com outras polícias

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-Ba) informou nesta terça-feira (13), em nota, que está investigando a identidade dos criminosos responsáveis pela explosão da agência do Banco do Brasil ocorrida na madrugada de hoje (13) em Porto Seco Pirajá, bairro de Salvador, e de outras ocorrências recentes do tipo. Este foi o sexto ataque da categoria em abril, no estado.
Entre as medidas para identificar os grupos criminosos autores dos ataques a bancos, a SSP indicou "a partilha de informações com as polícias de outros estados". Isso ocorre em meio à uma nova onda de ataques a estabelecimentos bancários no estado, o que não era esperado pelo departamento, devido à tendência de diminuição destes acontecimentos, observada nos últimos anos.
Apesar dos 12 registros de crimes do gênero na Bahia apenas neste mês, a secretaria reforçou que "a modalidade vem caindo nos últimos seis anos na Bahia". No primeiro semestre de 2020, houve uma diminuição de 28,6%, em comparação com o mesmo período de 2019. Porém, na contramão do que vem acontecendo nos últimos anos, nos quatro primeiros meses de 2021, foi registrado um número de ataques correspondente a 38% de todas as ocorrências registradas no ano anterior.
A SSP afirmou que espera permanecer com ataques a bancos em queda nos próximos anos, com as ações que estão sendo realizadas. "Todas iniciativas estão sendo adotadas para que essa realidade continue", disse em nota.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário