Fux marca para quarta-feira decisão do STF sobre liberação de cultos e missas

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, marcou para quarta-feira (07) a decisão definitiva do plenário da Corte sobre a liberação de cultos e outras práticas religiosas presencialmente durante a pandemia da Covid-19.
A reunião acontece após o ministro Nunes Marques ter determinado, no último sábado (03), em caráter liminar (provisório), que estados, municípios e Distrito Federal não podem editar normas de combate à pandemia do novo coronavírus que proíbam completamente celebrações religiosas presenciais, como cultos e missas.
De acordo com o portal G1, o tema será o primeiro item da pauta do plenário e envolverá processo relatado pelo ministro Gilmar Mendes, que negou, no domingo (05) um pedido do PSD para liberar cultos em São Paulo.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário