Em live com Bolsonaro, João Roma critica isolamento social e defende auxílio emergencial mais barato


João Roma assentiu ainda com críticas de Bolsonaro ao governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que criticou o valor da nova rodada de pagamento do auxílio emergencial.

Ministro da Cidadania e deputado federal licenciado pela Bahia, João Roma (PRB) fez ontem sua estreia em lives com o presidente da República, Jair Bolsonaro. Na sua primeira aparição na web ao lado do chefe, o pernambucano criticou o isolamento social, tal qual pede a cartilha bolsonarista.
“Uma coisa é distanciamento, outra é isolamento. Evitar aglomerações, como estamos fazendo pagando o auxílio emergencial pedindo que as pessoas não vão diretamente às agências da Caixa, é uma conduta. Uso de máscara e álcool em gel é necessário, mas isolamento, impedir que muitas vezes pais e mães de família não possam conseguir o sustento dos seus filhos, é uma coisa bem diferente”, criticou. João Roma assentiu ainda com críticas de Bolsonaro ao governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que criticou o valor da nova rodada de pagamento do auxílio emergencial.
“Lembrando que R$ 250 reais, para uma população que está desassistidas, passando fome em casa, faz muita diferença”, declarou o deputado eleito pela Bahia. O valor anterior era de R$ 600. 
Durante quase 40 minutos, João assistiu impávido o presidente falar sobre diversos assuntos. Ele se manteve parado, por exemplo, quando o chefe do Planalto defendeu o uso de medicações sem eficácia para tratar a Covid-19, que já matou mais de 322 mil brasileiros. 
Incorporando mais uma faceta à sua nova identidade bolsonarista, João Roma concordou quando Bolsonaro homenageou “alguns jornalistas” no Dia da Mentira. “Importante o senhor falar, presidente, com as exceções, pois nós, que defendemos a liberdade, sabemos que a imprensa é livre, existem bons profissionais. Agora, de fato, alguns não honram sua profissão”, disse, ao morder e assoprar, Roma. 
Em sua última fala na transmissão, João Roma agradeceu ao presidente pela duplicação da BR-116 e, em tom de brincadeira, pediu que o perfeito de Santa Bárbara, mande requeijão para o chefe do Palácio do Planalto
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário