COARACI: PREFEITURA ABRE AS CONTAS PARA APLB E DEMONSTRA INSTABILIDADE FINANCEIRA PARA AUMENTO DE SALÁRIOS, CASO CONTRÁRIO DEMISSÕES SERÃO INEVITÁVEIS

Na manhã da última quinta-feira a equipe contábil da Prefeitura Municipal apresentou em reunião, com APLB e legislativo, planilhas de contas do município em que constam as receitas do recurso do fundeb e suas despesas. Na reunião foi reconhecida a falta de recursos nesse momento para dar um aumento de 12.84% no salário, já que para isso seria necessária uma contrapartida do município. A prefeitura relata que o ajuste poderia gerar um impacto negativo na economia da cidade, no momento em que a mesma despencou significativamente no país, com baixa arrecadação municipal de ISS, IPTU e outros tributos, devido à crise pandêmica gerada pelo Coronavírus.
Para o prefeito Jadson Albano, aumentar o salário dos professores nesse momento de pandemia, seria necessário cortar gastos essenciais como na saúde, além das demissões de funcionários de outras secretarias, e ainda assim correr o risco de não pagar em uma data fixa.
“Tenho que pensar em todas as famílias que nesse momento passa por dificuldades. Eu entendo os professores, mas preciso que eles compreendam o momento difícil que estamos vivendo, lutando por vidas e pela economia do nosso município. Não podemos aumentar o salário sem ter condições financeiras, para isso seria necessário demitir outros profissionais e pais de famílias,” afirma o Prefeito Jadson Albano.
A proposta oferecida pelo município é dar transparência de como tem sido gasto o recurso, o valor da receita e o total da despesa, para que a própria APLB e o legislativo ajudem a construir uma forma de fornecer o aumento aos professores sem que haja atraso de salários e demissões em massa.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário