Atriz Eva Wilma grava participação em filme direto da UTI, e diz que está bem

A atriz Eva Wilma, de 87 anos, continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, mas está bem. Em uma publicação no Instagram, representantes da artista informaram que ela foi internada para fazer uma “intervenção não invasiva”, e que chegou a gravar uma participação no filme ‘As Aparecidas’, de Ivan Feijó.
Uma foto da atriz deitada e lendo um texto foi publicada nas redes sociais. Conforme o post, Eva Wilma gravou um ‘off’ (áudio) para ser incluído no longa metragem. As gravações do filme foram suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus.
“Ensaiando para gravar um ‘off’ para o filme As Aparecidas, cujas filmagens foram interrompidas por conta do momento. Foi gravado ali mesmo e depois vamos finalizar no estúdio. Quem tem arte na veia sabe que o show tem que continuar. O trabalho é vida. Como diria Gonzaguinha… ‘um homem sem trabalho não tem honra, e sem a sua honra se morre, se mata’”, afirmou.
“Eva sempre lúcida. Sairá melhor. Está muito bem cuidada. Agradecemos as orações, e que se estendam para todo nosso povo. Em breve estaremos juntos, com muito amor e fé”, completou a publicação.
Eva Wilma foi internada na última quinta-feira (15), por problemas no coração e nos rins. Em janeiro deste ano, a atriz também ficou internada por 21 dias por causa de uma pneumonia. Ela passou nove dias na UTI com dificuldade respiratória.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário