Após cometer latrocínio em Conquista e sofrer acidente em Santa Cruz da Vitória, dupla é presa no Hospital de Base em Itabuna

Movimentação intensa no Complexo Policial de Itabuna, na manhã de quarta-feira (21), com a prisão de dois indivíduos, suspeitos de um crime bárbaro e cuja história começa no sudoeste do estado, em Vitória da Conquista.
Filipe Santos Cordeiro e Rogério Gomes Brito são os suspeitos de praticar latrocínio naquela cidade. Eles sequestraram, mataram a pedradas e roubaram o carro do motorista de aplicativo Pedro Henrique Santos Barros, que vinha sendo dado como desaparecido pelos veículos de comunicação daquela região, até que seu corpo foi encontrado. O crime chocou os moradores da cidade, uma vez que a vítima era pessoa de bem, querida por muitos e ainda muito jovem.
Os assaltantes, Filipe e Rogério, no automóvel que roubaram, fugiram pela BR-415. Contudo, cerca de 170km depois, em alta velocidade, a dupla sofreu um acidente, já nas imediações de Santa Cruz da Vitória. O veículo capotou e eles ficaram feridos.
Populares que presenciaram o acidente, acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), e os indivíduos foram socorridos para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, onde foram atendidos por uma equipe médica.
Após atendimento clínico e apenas com leves ferimentos, eles seriam liberados, mas a polícia agiu rapidamente, e ainda na unidade hospitalar, deu voz de prisão aos latrocidas.
Filipe e Rogério foram levados para o Complexo Policial de Itabuna, ouvidos pela polícia, e estão agora à disposição da justiça. Eles devem ser, posteriormente, recambiados para Vitória da Conquista.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário