Alcolumbre pede ao Senado reembolso de R$ 513 mil gastos em 2020

Davi Alcolumbre esperou deixar os holofotes que a Presidência do Senado lhe proporcionava para apresentar à Casa um pacote de notas fiscais que somam mais de meio milhão em cota parlamentar em 2020.
O pedido de reembolso de serviços prestados ano passado foi feito apenas no mês passado. Até então, quem tentava acompanhar mensalmente os gastos de Alcolumbre com dinheiro público encontrava R$ 0 como registro.

Dos R$ 513,6 mil em faturas, 85% referem-se à divulgação do seu mandato.

A uma empresa de Macapá, ele declarou ter pago R$ 27,5 mil mensais. Apesar de os serviços serem referentes a 2020, as notas fiscais são todas datadas do mês passado.

As informações são do colunista Lauro Jardim, de O Globo.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário