Técnico do time feminino do Cruzeiro é preso após desacatar fiscal em cidade da Grande Belo Horizonte

Marcelo Frigério, o Tchelo, foi detido em Juatuba após se desententar com a agente pública, que tentava evitar aglomerações durante o trabalho das Cabulosas na cidade

O técnico do time feminino do Cruzeiro, Marcelo Frigério, conhecido como Tchelo, foi detido em Juatuba, Região Metropolitana de BH, na última sexta-feira, 12 de março, por desacato a uma fiscal da cidade que fazia o trabalho de fiscalização para conter aglomerações nesta pandemia da Covid-19. O caso só veio à tona na noite de domingo, 14.
O fato ocorreu durante um treino da equipe feminina no Estádio Antônio Moreira Duarte. O treinador das cabulosas entrou em atrito com a agente pública, que tentava impedir que houvesse aglomeração de pessoas no trabalho do Cruzeiro.
Ainda segundo o BO, Tchelo disse para a fiscal: “Pega essa sua caneta e enfia na sua lomba”, aumentando a tensão na discussão.
No boletim de ocorrência, Tchelo disse à Polícia Militar afirmou que a fiscal teria sido grosseira com as atletas, iniciando o atrito, culminando em um bate-boca entre o técnico e a fiscal, que quase se tornou uma agressão, com envolvimento de mais dois funcionários da prefeitura local, o que acabou gerando a prisão do treinador cruzeirense. A informação foi veiculada inicialmente pelo Superesportes e confirmada pelo L!.
Com a polícia acionada, Marcelo Frigério foi levado para à 1ª Delegacia da Polícia Civil em Juatuba, onde prestou depoimento, depois assumindo o compromisso de prestar mais esclarecimentos no Juizado Especial Criminal em Mateus Leme, que também fica na Região Metropolitana da capital mineira.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário