Suspeito de aplicar golpe do ‘falso motoboy’ é preso em Eunápolis

A Polícia Civil prendeu neste sábado (06), em Eunápolis, um homem acusado de aplicar o “golpe do motoboy”, aquele que os criminosos mandam alguém buscar o cartão de banco da pessoa. O crime – que vem ocorrendo em todo o Brasil -, tem como alvo principal os idosos -, que são mais facilmente enganados neste tipo de abordagem. Em Eunápolis, segundo o delegado Moisés Damasceno, mais de 10 pessoas já procuraram a delegacia para denunciar as fraudes. Uma delas teve um prejuízo de pelo menos R$100 mil.
De acordo com o delegado, os golpistas ligam para as vítimas se passando por um funcionário do banco ou da administradora de cartões, muitas vezes informando os dados verdadeiros do cliente para passar credibilidade, e afirmam que o cartão foi clonado ou que há compras suspeitas, sendo necessário o cancelamento do cartão.
Para efetuar o cancelamento, a quadrilha orienta o cliente a digitar alguns dados no telefone, entre eles a senha do cartão, e para concluir o cancelamento, pede para o cliente cortar o cartão ao meio que um motoboy irá buscar o cartão na residência do cliente para segurança da operação. O detalhe é que ao cortar o cartão no meio, o chip não é danificado. Então, com senha e o chip disponíveis, os golpistas conseguem fazer as compras que quiserem ou transferirem o dinheiro que estiver na conta. Leia mais no RADAR 64

Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário