Rui volta a defender prioridade na vacinação de policiais, professores e rodoviários

O governador Rui Costa (PT) voltou a defender a inclusão de profissionais de determinadas categorias nos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19. Durante o Papo Correria, na noite de terça-feira (23), ele citou trabalhadores como policiais (civis e militares), guardas municipais, profissionais da educação e aqueles que trabalham em ambientes fechados, como condutores de elevador antigo, motoristas e cobradores de ônibus, pilotos de avião e aeromoças.
Na live, o governador pontuou, contudo, que a mudança nos grupos prioritários só é realizada pelo Ministério da Saúde, que é a pasta que define os critérios de prioridade do Plano Nacional de Imunização (PNI).
“Quem define os critérios de prioridade é o PNI. Ou seja, é o Ministério da Saúde que define os critérios e as normas de vacinação. O estado sequer vacina, quem aplica as vacinas são os municípios brasileiros. Mas mesmo os municípios não podem criar isoladamente o seu critério”, explicou.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário