Operação prende 3 suspeitos de esquema de falsificação de alvarás para libertar presos no RJ

A Polícia Civil do RJ e a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) prenderam na terça-feira (9) três suspeitos de envolvimento em um esquema que falsificava alvarás para soltar presos. Essa fraude contra o sistema penitenciário fluminense levou pelo menos três detentos a sair pela porta da frente da cadeia, apesar de não haver decisão judicial pela liberdade deles.

Entre os beneficiados pelo esquema está João Filipe Cordeiro Barbieri, um dos maiores traficantes de armas do mundo.

Até a última atualização desta reportagem, foram presos:

Angélica Coutinho Rodrigues Malaquias Campos, advogada, presa na Penha;

Débora Albernaz de Souza, advogada, presa em Curicica;

Fábio Luis da Silva Polidoro, servidor da Seap, preso no Flamengo.

Outros dois suspeitos eram procurados. A força-tarefa também cumpriu 16 mandados de busca e apreensão.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário