Novo Ministro da Defesa publica ordem alusiva ao golpe de 1964

Em seu primeiro ato público, o novo ministro da Defesa, o general Walter Braga Netto, publicou uma ordem do dia alusiva aos 57 anos do golpe militar de 1964, chamado-o de “movimento de 31 de março de 1964”.
No documento, Braga Netto diz que, na época, havia uma ameaça real à paz e à democracia por conta de guerras mundiais que atingiam a segurança, a política e a economia do país. De acordo com ele, as Forças Armadas tiveram a responsabilidade de pacificar o país, enfrentando desgastes para o ordenar e garantir a democracia vivida hoje pelos brasileiros.
O novo comandante da pasta não citou os 21 anos em que os militares permaneceram no poder após o golpe nem as ações antidemocráticas e violentas ocorridas durante o período, como o AI-5, a censura à imprensa e a perseguição política.
Braga Netto concluiu que o “movimento de 1964” é parte da história do Brasil e por isso deve ser celebrado.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário