Justiça italiana revela teor de sentença do jogador Robinho: 'Particular desprezo pela vítima'

O atacante Robinho, atualmente sem clube, teve confirmada na terça-feira (09), a sentença de nove anos de prisão pela Justiça da Itália, pelo crime de estupro, cometido em 2013, com a divulgação do texto da decisão judicial.
A confirmação veio da Corte de Apelo de Milão, equivalente ao Supremo Tribunal Federal no Brasil. Foi sustentado que a pena deveria ser mantida devido à manifestação de "particular desprezo em relação à vítima, que foi brutalmente humilhada", o que os juízes concluíram diante de mensagens enviadas por Robinho comentando o caso.
Além disso, a corte alegou a tentativa de "enganar as investigações oferecendo aos investigadores uma versão dos fatos falsa e previamente combinada" e reforçou a impossibilidade de defesa da vítima.
Além de Robinho, seu amigo Ricardo Falco, que também participou do crime, teve a pena de nove anos de prisão confirmada.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário