Joaquim Barbosa diz que general Villas Bôas delirou com suposta solidariedade a ele por tuíte

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa ficou surpreso com a versão dada pelo general Eduardo Villas Bôas a um rápido encontro que os dois tiveram na posse de Dias Toffoli na presidência da Corte, em setembro de 2018.
Na versão do general, divulgada pela revista “Piauí”, dezenas de pessoas, inclusive Barbosa, se solidarizaram com ele na festa. E o então comandante do Exército pôde constatar o suposto sucesso do “tuíte de alerta” que ele postara na véspera do julgamento do habeas corpus que, em abril, tentava impedir a prisão de Lula.
O tuíte, considerado uma ameaça ao STF, dizia que o Exército compartilhava “o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade”. E que os militares se mantinham atentos “às suas missões constitucionais”. 
Barbosa afirmou a interlocutores que deve ter “trocado uma palavra, um boa noite”, e nada mais com Villas Bôas. Disse ainda que “está me parecendo um certo delírio dele achar que todos os que o cumprimentaram rapidamente na festa prestaram algum tipo de solidariedade”.
E mais: distante de Brasília desde 2014, quando saiu do Supremo, ele nem mesmo sabia quem era Villas Bôas em 2018.

Mônica Bergamo/Folhapress
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário