Governo adia R$ 27,8 bi em impostos de empresas pelo avanço da Covid

O ministro da Economia, Paulo Guedes

O governo anunciou nesta quarta-feira (24) que vai adiar a cobrança de R$ 27,8 bilhões em impostos que deveriam ser pagos por empresas optantes do Simples Nacional entre abril e junho.
A cobrança dos tributos adiados ao longo dos três meses será feita de forma parcelada em seis vezes, de julho a dezembro.
José Barroso Tostes Neto, secretário especial da Receita Federal, afirmou que a medida deve alcançar 17 milhões de contribuintes e vai representar um alívio para a situação de pequenos empresários.
“É um fôlego para atravessar esse momento mais crítico em que os impactos da pandemia se fazem se sentir principalmente nos negócios que estão fechados e sem possibilidade de receitas”, afirmou.

Fábio Pupo / Folha de São Paulo
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário