COVID-19: PROFISSIONAIS DO HOSPITAL COSTA DO CACAU SÃO HOMENAGEADOS

Profissionais do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, foram homenageados pela atuação, suporte e assistência hospitalar no combate à Covid-19. O Governo do Estado foi responsável pela iniciativa, que reconheceu o desempenho dos trabalhadores da saúde no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.
Além do HRCC, outros hospitais do interior da Bahia recepcionaram os atos em reconhecimento aos profissionais de saúde, principalmente àqueles que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. Uma peça audiovisual exibida durante as apresentações ressaltava em um dos seus trechos “esses heróis estão usando máscaras, lutando com garra, vencendo por nós. O governo do estado agradece a todos os verdadeiros heróis e heroínas que estão na linha de frente, na luta contra a Covid-19. Obrigado.”
Para o médico intensivista Egídio Alves, coordenador da Unidade Covid do HRCC, a homenagem aconteceu em um momento muito importante. “Recomeçamos 2021 achando que íamos ter uma queda na Covid e veio essa segunda onda devastadora. Estamos nos sentindo exaustos mentalmente, então essa lembrança dos profissionais que estão na linha de frente revigora. Sabemos que não estamos sós, que é uma luta diária de todos, então isso é importante para motivar as pessoas a se dedicarem ao trabalho, que não está fácil” ressaltou.
Heróis da batalha contra a covid-19 são homenageados no Costa do Cacau

ENERGIAS REVIGORADAS

O psicólogo Gildo Rorato, que atua na Unidade Covid do HRCC, disse que o momento de homenagem mostra que os profissionais de saúde não estão sozinhos nessa batalha. “Então as energias são revigoradas. Os profissionais se sentem mais valorizados, eles se sentem mais abraçados por sentirem que estão uns com os outros e que existe uma equipe, uma coordenação, o governo está junto para a gente vencer este tempo” avaliou.
De acordo com Diovania Braga, coordenadora de enfermagem da Unidade Covid, o momento trouxe um pouco de conforto para os profissionais de saúde. “Depois de tanta luta, quase um ano já à frente da Covid, um pouco de acalanto nesse momento não faz mal a ninguém. Realmente me tocou, é um momento em que está todo mundo se sentindo abraçado”, confessou.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário