CONSELHO DE ÉTICA DÁ CONTINUIDADADE EM PROCESSO CONTRA DANIEL SILVEIRA

Câmara dar continuidade contra Daniel Silveira|| Foto Pablo Valadares

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiu, na terça-feira (9), dá continuidade ao processo movido pelo PSL contra o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), acusado de gravar ilegalmente uma reunião do partido em outubro de 2019. Foram 15 votos favoráveis à admissibilidade do processo e um contrário.
Daniel Silveira agora será notificado e terá o prazo de 10 dias úteis para apresentar sua defesa escrita, indicar provas e arrolar testemunhas. O parlamentar está preso desde 16 de fevereiro por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). A Câmara manteve a prisão por 364 votos a 130.
O parecer preliminar relativo ao caso já havia sido lido na semana passada pelo relator, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), com a recomendação pela continuidade. Na ocasião, Leite disse que a conduta descrita era “de extrema gravidade” e constituía “clara ofensa ao direito à intimidade”.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário