Ciro Gomes é investigado por suspeita de crime contra a honra de Bolsonaro

De acordo com as informações obtidas pelo jornal O Estado de São Paulo, o pedido de investigação foi protocolado pelo chefe do Poder Executivo e pelo Ministro da Justiça, André Mendonça

O político fez críticas a relação do presidente Bolsonaro e a comunidade judaica Divulgação

O ex-governador do Ceará e ex-candidato à presidência nas eleições de 2018, Ciro Gomes, está sendo investido pela Polícia Federal sob a suspeito de ter cometer crime contra a honra do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido).
De acordo com as informações obtidas pelo jornal O Estado de São Paulo, o pedido de investigação foi protocolado pelo chefe do Poder Executivo e pelo Ministro da Justiça, André Mendonça.

O caso

Em novembro de 2020, Ciro Gomes concedeu uma entrevista para a rádio Rádio Tupinambá. Na ocasião, o político chamou Bolsonaro de “ladrão” e afirmou que repudiava o “bolsonarismo, à sua boçalidade, à sua incapacidade de administrar a economia do país e seu desrespeito à saúde pública”.

Defesa

Em relação ao processo, Ciro alegou que não dá muita importação àinvestigação. “Fui informado da abertura desse inquérito há cerca de dez dias. Estou pouco me ligando”, comentou.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário