Acusado de estupro, terapeuta Tadashi Kadomoto retoma meditações online

Acusado de abuso sexual por uma ex-paciente e estagiária, o terapeuta transpessoal Tadashi Kadomoto, conhecido como um “guru da meditação na pandemia”, voltou, no domingo (28), a fazer meditação online em rede social.
O anúncio de retomada de atividades teve mais de 30 mil comentários, e a maioria dos seguidores comemoraram o retorno.
Em live, Tadashi reafirmou inocência. Contou ainda que teve Covid-19, passou 20 dias internado, 10 deles em UTI, e agradeceu apoio da família e da equipe médica que o acompanhou.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário