POLÍCIA PRENDE MULHER E REVELA ESQUEMA DE VENDA DE ÁGUA MINERAL FALSA EM ILHÉUS

Água mineral falsa era comercializada na zona sul de Ilhéus || Imagens PC-Bahia/Agravo

A Polícia Civil detonou esquema de adulteração de garrafões de água mineral em Ilhéus, ao cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra uma mulher de 46 anos, na Barreira, zona sul do município, na terça (16). M.A.D.S.S. atuava como revendedora de água mineral e disse à polícia que a água “batizada” era fornecida por um homem conhecido apenas como Antônio do Cururupe.
Na fase de investigação, os policiais chegaram a comprar o produto falsificado para confronto com o produto original da indústria. Testes feitos em laboratório do produto que estava sendo comercializado pela mulher demonstravam a presença de clostridium, que pode levar a um quadro de infecção intestinal, e coliformes, informa o site Agravo.
A polícia também obteve prova testemunhal de que a investigada já vinha ofertando a outros comerciantes água falsificada – rótulos e lacres em desacordo – por preço bem inferior ao praticado pela empresa, a Águas do Porto, a comerciantes.
Os agentes apreenderam 62 vasilhames de 20 litros com rótulo da Águas do Porto com indícios de falsificação da logomarca – nome exibido em formato quadrado ao invés de formato oval; lacre da tampa não personalizado e sem impressão da data envasamento e lote e o selo da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz-BA) sem holograma. A mulher responderá pelos crimes contra a economia e de falsificação de produtos.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário