O Governo da Bahia deseja incluir os profissionais que atuam na área da educação, na rede pública ou privada, em um dos grupos prioritários para receber a vacina contra o coronavírus, de acordo com o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues. Em meio a discussões sobre o retorno presencial das aulas, o secretário afirmou que não pode descumprir o plano nacional de vacinação, mas já recebeu manifestações de sindicatos para que o estado priorize esses profissionais. Ainda segundo Jerônimo, o governador Rui Costa afirma que depende da quantidade de vacinas disponíveis para incluir professores, porteiros, merendeiras e demais profissionais no grupo prioritário. Ele informa que Rui já pediu um levantamento dos profissionais da educação com idade acima de 55 anos.

O Governo da Bahia deseja incluir os profissionais que atuam na área da educação, na rede pública ou privada, em um dos grupos prioritários para receber a vacina contra o coronavírus, de acordo com o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues.
Em meio a discussões sobre o retorno presencial das aulas, o secretário afirmou que não pode descumprir o plano nacional de vacinação, mas já recebeu manifestações de sindicatos para que o estado priorize esses profissionais.
Ainda segundo Jerônimo, o governador Rui Costa afirma que depende da quantidade de vacinas disponíveis para incluir professores, porteiros, merendeiras e demais profissionais no grupo prioritário. Ele informa que Rui já pediu um levantamento dos profissionais da educação com idade acima de 55 anos.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário