Nome de Wagner não está ‘sacramentado’ pela base, mas é escolha do PT para 2022

Apesar da base aliada do governador Rui Costa ainda não ter batido o martelo, o PT baiano reafirma que o nome do partido para disputar o governo estadual é mesmo o do senador Jaques Wagner.
Ao bahia.ba nesta terça-feira (09), o presidente estadual da legenda, Éden Valadares, ressalta que o nome de Wagner é o que “mais agrega e o que tem melhor capacidade de dialogar com o conjunto da sociedade baiana, do empresariado aos movimentos sociais, da indústria ao agricultor familiar”.
“No último sábado, dia 06, realizamos o planejamento estratégico da Executiva Estadual do PT Bahia. Ainda estamos fechando a redação final da resolução, mas nossa posição quanto a 2022 é clara e unificada: estamos oferecendo um nome da qualidade de Jaques Wagner como candidato ao Governo do Estado”, diz Valadares.
O dirigente petista salienta que o nome do ex-governador ainda não está sacramentado pela base aliada, mas diz acreditar na unidade do campo político para a disputa do Palácio de Ondina em 2022.
“Outros partidos também têm apresentado seus principais quadros, como o PSD de Otto Alencar e o PP de João Leão. Sob a condução do governador Rui Costa, acreditamos na força e na unidade do nosso campo político, e avaliamos que o melhor candidato para representar esse projeto, sem sombra de dúvidas, é Jaques Wagner”, completa.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário