Lula oficializa candidatura de Haddad e provoca um duro golpe na oposição


Dirigentes das principais siglas à esquerda reclamam de o anúncio ter sido feito sem articulações ou conversas prévias
Por Edoardo Ghirotto, João Pedroso de Campos
12 fev 2021, 09h40 - Publicado em 12 fev 2021, 06h00
Nos últimos dias, os petistas colecionaram motivos para sonhar com a possibilidade de Luiz Inácio Lula da Silva recuperar seus direitos políticos a tempo de disputar as eleições de 2022. A Segunda Turma do STF votou nesta semana a favor de Lula ao referendar o acesso do ex-presidente às mensagens apreendidas com os hackers que invadiram contas do Telegram de integrantes da Lava-Jato, sendo que boa parte desse conteúdo revela a balança da Justiça pendendo a favor da acusação (veja a matéria na pág. 32). Foi uma goleada por quatro votos a um. A decisão foi um sinal eloquente sobre os ânimos do colegiado para outro julgamento envolvendo o ex-presidente, esse mais decisivo: o pedido de suspeição do ex-juiz Sergio Moro na condução do processo do tríplex do Guarujá. O ministro Gilmar Mendes prometeu pautar a ação para o primeiro semestre deste ano.
Lula, é claro, também acalenta o desejo de voltar ao Palácio do Planalto, mas, a despeito do cenário mais favorável, nunca esteve tão cético. Ele tem dito que confia na anulação das condenações por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex, mas não que os magistrados formarão um entendimento semelhante sobre o processo do sítio de Atibaia a tempo de ele entrar em campanha. Com base nesse cenário, chamou o ex-prefeito Fernando Haddad para uma conversa no último dia 30 e pediu a ele que reorganizasse a sua vida com o intuito de correr o Brasil ungido como o postulante do PT à Presidência. Derrotado por Jair Bolsonaro no segundo turno de 2018, Haddad terá agora um ano e oito meses para se viabilizar como um dos favoritos nessa disputa. Leia mais AQUI
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário