‘Lula me pediu para colocar o bloco na rua e eu aceitei’, afirma Haddad

O ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad

Haddad relatou que Lula avalia haver pouco tempo hábil para aguardar a decisão do Supremo, e que é necessário debater os problemas do País. “Lula recuperando os direitos políticos, evidentemente que a discussão fica de outro nível”, disse ontem Haddad à CNN Brasil.
O petista afirmou que pretende fazer agendas nos finais de semana. As viagens têm objetivo de aumentar o grau de conhecimento junto aos eleitores. O ex-ministro concorreu à Presidência em 2018 e foi para o segundo turno com Jair Bolsonaro – derrotado, o petista obteve pouco mais de 47 milhões de votos (44,7% dos votos válidos). Procurado pelo Estadão, Haddad não quis comentar.

Boulos critica movimento feito pelo PT

Candidato do PSOL à Presidência em 2018, Guilherme Boulos criticou o movimento feito pelo PT. Em mensagem publicada no Twitter, Boulos disse que, antes de se pensar em nomes, é necessário definir um projeto como alternativa à tentativa de reeleição de Bolsonaro. “Defendo que a esquerda busque unidade pra enfrentar Bolsonaro. Para isso, antes de lançar nomes, devemos discutir projeto”.

Estadão Conteúdo
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário