Covid-19: África do Sul suspende uso de vacina da Oxford

As autoridades de saúde da África do Sul anunciaram na tarde de ontem (7) a suspensão do uso da vacina criada em parceria entre a Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca. A decisão ocorreu depois que estudos apontaram que a variante do coronavírus dominante no país poderia ser mais resistente ao imunizante. O ministro da Saúde sul-africano, Zweli Mkhize, afirmou que o governo aguardará o conselho dos cientistas sobre a melhor maneira de proceder.
Antes, os planos do governo sul-africano eram distribuir a vacina da AstraZeneca aos profissionais de saúde em breve. 1 milhão de doses produzidas pelo Serum Institute, da Índia, foram recebidas no país na última segunda-feira (01). Agora, o país vai oferecer as vacinas desenvolvidas pela Johnson & Johnson e Pfizer nas próximas semanas.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário