CÂMARA DE ILHÉUS FAZ NOVO CONTRATO COM EMPRESA INVESTIGADA NA OPERAÇÃO XAVIER

Firmado sem concorrência, contrato é de R$ 195 mil

Nessa sexta-feira (5), a Câmara de Vereadores de Ilhéus publicou seu novo contrato com a Contábil Contabilidade e Informações Ltda., empresa investigada na Operação Xavier, do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), que deu origem a denúncias de corrupção contra três ex-presidentes da Câmara, Lukas Paiva (PSB), Tarcísio Paixão (PP) e Josevaldo Machado (PCdoB).
O novo contrato de R$ 195 mil é fruto de contratação direta, modalidade em que o processo licitatório não tem concorrência.
Até o momento, a Justiça não julgou os processos originados pela Operação Xavier e não existe condenação que proíba a empresa de contabilidade de fazer novos negócios com o poder público.
Neste sábado (6), o presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jerbson Moraes, disse ao PIMENTA que não sabia do envolvimento da empresa com as denúncias do MP-BA. Afirmou que vai apurar as informações sobre os processos.

Para o vereador, seria prematuro tomar qualquer decisão sobre o contrato neste momento.

Jerbson também ressaltou que não conhece os proprietários da Contábil Contabilidade. Foi seu partido, o PSD, que deu boas referências sobre a empresa, por causa de serviços prestados a outras instituições públicas.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário