Após discussão, feirante é morto a facadas em Jequié

Um feirante identificado como Paulo Roberto Dias Santos, de 20 anos, foi morto a facadas depois de uma discussão na Feirinha do Joaquim Romão, em Jequié, na manhã do domingo (7). De acordo com informações divulgadas pela imprensa local, a briga teria sido motivada por causa de um som em um carro de mão.
Uma senhora evangélica estava pregando, momento em que Paulo Roberto pediu para baixar o volume do equipamento. O filho da mulher, que é guardador de carro não teria gostado da reclamação, e foi tirar satisfação com o rapaz e em seguida acabou lhe esfaqueando com golpes no pescoço.
A vítima morreu no local do crime e o autor do homicídio fugiu. O corpo de Paulo Roberto, que era morador do bairro do Mandacaru, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Jequié. Segundo pessoas que conheciam a vítima, ele sofria de transtornos mentais. O caso é investigado pela Polícia Civil. *Redação/Giro Ipiaú
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário