Sergio Moro não será candidato à presidência, mas vai apoiar quem lhe indique para vaga no STF, diz colunista do Globo

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, não pretende se candidatar à presidência da República na eleição do ano que vem. Ele, no entanto, está inclinado a participar da corrida eleitoral de outra maneira. Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o ex-juiz da Operação Lava Jato tem o intuito de apoiar algum candidato que, em troca, o indicasse a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), algo que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não fez. “Leio há semanas no Lauro Jardim informações sobre o que eu supostamente irei fazer da minha vida no futuro e publicadas sem me consultar. Esclareço que, como já falei aqui, estou trabalhando no setor privado, ajudando as empresas em políticas anticorrupção. Ponto. O resto é boato”, disse Moro no Twitter.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário