Mãe de jovem assassinado em Ilhéus comparece a delegacia com arma que retirou do local do crime

Horas após o primeiro homicídio na cidade de Ilhéus, a mãe da vítima compareceu à delegacia com a arma que, até então, havia sido retirada do local do crime por uma desconhecida. A mãe de Caio Santos da Costa, de 20 anos, assassinado no último sábado (02) no bairro Banco da Vitória, entregou à polícia uma pistola PT TAURUS 938 OXIDADA carregado com 17 cartuchos intactos, de numeração suprimida, que foi retirada da cintura da vítima logo depois do crime.
Foto ilustrativa

De acordo com a polícia, Caio tinha envolvimento com o tráfico de drogas. O jovem foi atingido por três disparos que acertaram costa e cabeça. Caio era morador do próprio bairro onde foi assassinado. A polícia está investigando o caso, mas até o momento não há informações sobre a identidade dos autores do primeiro homicídio de Ilhéus.

Link relacionado:

Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário