Impunidade: há 7 anos criança era morta no Monte Cristo

Um crime bárbaro na noite do dia 5 de janeiro de 2014 abalou a sociedade Itabunense. A criança Larissa Nunes, de apenas 5 anos, foi cruelmente executada a tiros junto com seu pai. O crime foi na rua K, bairro Monte Cristo, na zona leste da cidade. Pai e filha foram fuzilados por dois homens que chegaram de moto. O pai da menina, Cristiano Oliveira, de 25 anos, era o alvo dos assassinos. Ex-detento do Presídio de Itabuna, ele teria se desentendido com algumas pessoas num bar minutos antes do crime. Por estar com a menina no bar, Cristiano resolveu voltar pra casa do pai, mas quando entrava na residência foi surpreendido pelos algozes. A menina ficou na frente dos bandidos para defender o pai, mas sem piedade atiraram na cabeça da criança. Cristiano tentou correr, mas os marginais foram atrás dele e, na frente dos familiares, executaram o homem. A irmã da vítima chegou a ser agredida. Os vagabundos fugiram tomando rumo ignorado. O que causou mais espanto dessa tragédia, é que o crime foi praticado a três minutos da Base Comunitária de Segurança do Monte Cristo. Até hoje os assassinos não foram presos.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário