Hospital São Lucas será reaberto e atendimento será 100% pelo SUS

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Francisco Valdece, apresentou, na noite de quinta-feira (28), durante a cerimônia de encerramento das celebrações dos 104 anos da instituição, o projeto do novo Hospital São Lucas, que já conta com recursos financeiros para primeira etapa. Com 100% dos leitos destinados a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), a unidade hospitalar deve entrar em funcionamento ainda neste semestre.
De acordo com o projeto, nesta primeira etapa, serão ofertados 62 leitos, sendo 50 clínicos (enfermaria) e 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No primeiro momento, os leitos serão destinados exclusivamente a pacientes com novo coronavírus. Depois da pandemia da Covid-19, os leitos serão disponibilizados para pacientes dos serviços públicos de saúde com outras comorbidades.
O provedor da Santa Casa de Itabuna, Francisco Valdece, explica que os investimentos serão feitos gradativamente para que o São Lucas seja estruturado e equipado para que sirva de referência no atendimento no interior da Bahia. “Já foi acertado com o Estado e Município de Itabuna que os serviços ofertados serão todos pelo Sistema Único de Saúde. Isso representa um grande ganho para população de Itabuna”, ressalta. Francisco Valdece adianta que o projeto de reabertura do São Lucas já foi apresentado ao governador Rui Costa, ao secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vila-Boas, ao prefeito de Itabuna Augusto Castro, e ao deputado Paulo Magalhães, que garantiu R$ 2 milhões em emenda parlamentar para a primeira etapa do projeto de funcionamento do hospital.
Segundo o primeiro tesoureiro da SCMI, Peter Deviris Lemos, o governador confirmou ao prefeito Augusto Castro que apoiará a reabertura do São Lucas. “O prefeito me informou, por telefone, na quinta-feira, que conversou com Rui Costa e confirmou o suporte do estado”.
Na noite de quinta-feira, o projeto do novo São Lucas foi apresentado ao vice-governador da Bahia, João Leão, e demais autoridades que participaram do encerramento das comemorações dos 104 anos da Santa Casa de Itabuna. Realizada no Teatro Candinha Dória, a cerimônia foi marcada pela entrega da Comenda Monsenhor Moysés Gonçalves do Couto, o idealizador a instituição. A maior honraria que a Santa Casa concede às pessoas que contribuem para o seu desenvolvimento e benefício da comunidade, a comenda foi concedida ao secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, à médica da rede básica de saúde Itabuna e diretora técnica do Hospital Manoel Novaes, Fabiane Chávez, e ao ex-provedor da SCMI, o médico intensivista Eric Ettinger Menezes Júnior.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário