Depois de repetidos atrasos, Coronavac finalmente chega à Bahia

Carga com vacina contra Covid-19 é desembarcada no Aeroporto de Salvador

Depois de repetidos atrasos (veja aqui), o avião com primeiras doses da vacina contra o novo coronavírus chegou à Bahia por volta das 22h22 de segunda-feira (18).
A carga saiu da região metropolitana de Minas Gerais com destino ao Aeroporto Internacional de Salvador.
De acordo com a programação do Ministério da Saúde, a Bahia vai receber 376 mil doses na primeira remessa de vacinas enviadas aos estados.
Conforme o governo, a primeira dose deve ser aplicada na noite desta segunda-feira em um evento simbólico no Hospital Santo Antônio, em Salvador.
Segundo a Prefeitura de Salvador, a expectativa é imunizar, com a Coronavac, cerca de 2,5 mil pessoas entre idosos abrigados nas Obras Sociais Irmã Dulce, na Cidade Baixa, além dos trabalhadores que atuam na Base Central do Samu 192, no Pau Miúdo, na UPA e Gripário de Pirajá/Santo Inácio, bem como na UPA e Gripário Barris, na UPA e Gripário Brotas, no Hospital Municipal de Salvador (HMS) e no abrigo Dom Pedro II.
Para o início da estratégia no município, o governo federal encaminhou cerca de 42 mil doses da Coronavac para Salvador. Esse quantitativo tem a capacidade de proteger cerca de 21 mil pessoas, uma vez que o imunizante prevê uma dose de reforço após 14 dias da primeira aplicação.
Para essa primeira remessa, está previsto a imunização dos idosos abrigados em instituições de longa permanência do município, trabalhadores da saúde que atuam na rede de urgência e assistência direta aos pacientes com o novo coronavírus (UPAs, Gripários, Samu 192)e hospitais, incluindo os de campanha).
A estratégia usada para essa primeira remessa será através de 11 equipes volantes nos próprios locais selecionados. Por isso, a população não deve se direcionar a nenhum ponto de vacinação neste momento. A programação segue recomendação de informe técnico emitido pelo Ministério da Saúde.
No aeroporto, o imunizante será será catalogado, fracionado e depois distribuídos para os municípios. A previsão é de que a liberação das cargas comece a partir das 2h, segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).
De acordo com a Sesab, municípios com menos de 300 quilômetros da capital baiana terão as doses enviadas por caminhões com escolta da Polícia Militar para garantir a segurança no deslocamento.
Existe a previsão de que dois helicópteros decolem por volta das 5h20 e façam entregas nas cidades próximas da capital baiana. Os municípios que ficam na Região Metropolitana de Salvador (RMS) vão retirar as vacinas no Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer).
Os secretários de saúde da Bahia e de Salvador, Fábio Vilas Boas e Léo Prates, acompanharam a retirada das vacinas no aeroporto.

As informações são do site G1/Bahia.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário