Associação de Imprensa entra com pedido de impeachment de Pazuello

A ABI (Associação Brasileira de Imprensa) entrou com um pedido de impeachment contra o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. A entidade alega que ele cometeu crime de responsabilidade e por isso não deve seguir na função pública.
O pedido de impeachment foi encaminhado para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e acusa Pazuello de cometer “práticas delituosas, que afrontam a Constituição Federal, em especial o artigo 196, que afirma ser a Saúde direito de todos e dever do Estado”.
A ABI criticou Pazuello ser “complacente quanto ao uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19, tais como a hidroxicloroquina, a cloroquina, a ivermectina e azitromicina”. E também abordou a gestão do Ministro sobre vacinas contra covid-19. “O Ministro Eduardo Pazuello dá repetidas demonstrações de incompetência, ineficiência e incapacidade para desempenhar as tarefas de seu cargo. Não só não providenciou as imprescindíveis vacinas, como negligenciou até mesmo a aquisição de simples seringas para aplicá-las”, criticou a agência em comunicado.
Ainda sobre vacinas, a ABI afirmou no pedido de impeachment que Pazuello criou “obstáculos para a utilização da Coronavac, por motivos ideológicos”. A CoronaVac é produzida pelo Instituto Butantan, do estado de São Paulo, em parceria com o laboratório chinês SinoVac.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário