Tese de Doutorado na Espanha premia professora da Uesc

A tese “Analysis of the relevance of location for port activity” (Análise da relevância da localização para a atividade portuária), da professora Ticiana Grecco Zanon Moura, do Departamento de Letras e Artes da Universidade Estadual de Santa Cruz (DLA/Uesc), foi contemplada com o Prêmio Extraordinário de Doutorado do Centro Internacional de Postgrado de la Universidad de Oviedo, Espanha. A informação foi divulgada pela instituição espanhola neste final de semana. Ticiana Moura, além de professora assistente em Negociações Internacionais no Curso de Bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais (LEA), é assessora de Relações Internacionais da Uesc. 
Os prêmios extraordinários de doutorado, comuns entre as universidades espanholas, são outorgados quando a comunidade acadêmica da Universidade reconhece, por área de conhecimento, o mérito e a singularidade das teses de doutorado desenvolvidas na sua instituição. Só são elegíveis as teses que receberam menção cum laude (com honra) na sua defesa. Passando por este primeiro requisito, a tese do candidato ao prêmio é avaliada por um tribunal acadêmico que leva em consideração a qualidade do trabalho de pesquisa através das contribuições científicas e/ou tecnológicas geradas pela mesma, a difusão do conhecimento através da participação em congressos, seminários e atividade em outras instituições acadêmicas. 
Também é de grande importância, se a tese recebeu a distinção de “Doctorado Internacional” na sua defesa (quando o trabalho apresenta uma série de requisitos que demonstra seu grau de importância internacional). A tese “Analysis of the relevance of location for port activity”, de autoria da professora Ticiana Moura, defendida no Centro Internacional de Postgrado de la Universidad de Oviedo, pelo Programa de Doctorado “Economia: Instrumentos del Análisis Económico”, avalia a relevância da localização para a atividade portuária e teve como estudo de caso a Espanha. À medida que os portos têm localização geográfica fixa, este atributo condiciona o sucesso dos terminais portuários na competição pelo tráfego, bem como a configuração de corredores de carga, distribuição do tráfego entre portos e utilização de infraestruturas de transporte terrestre. 
A professora Ticiana detalha que os portos são a infraestrutura que conecta a terra ao mar, e mais de 80% do comércio mundial utiliza o transporte marítimo. “A principal barreira ao comércio internacional são os custos de transporte (mais do que tarifas e outras barreiras comerciais); e o custo interno, ou seja, o acesso ao mar é um componente determinante do custo total do transporte”.“Como resultado final da tese, entendemos que as restrições associadas a este atributo invariável são de fácil compreensão, pois auxiliam as autoridades portuárias na articulação de suas estratégias; bem como os líderes políticos na concepção de uma estratégia de transporte mais eficiente”, conclui Ticiana Moura. (Pimenta)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário