Polícia identifica suspeitos de matar turista catarinense em Maraú

A Polícia Civil informou, na quarta-feira (30), que identificou quatro acusados de atirar na turista catarinense Andreza Maestri, de 44 anos, durante uma tentativa de assalto na noite do último dia 23, na BA-001, em Maraú, no sul da Bahia. Um pedido de prisão preventiva já foi solicitado à justiça para um dos suspeitos.
De acordo com a polícia, os acusados são três menores e um adulto. Além da preventiva para o homem, foi pedido apreensão dos adolescentes, que participaram da tentativa de assalto, que acabou com a turista baleada. Em coma, ela ficou internada no Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, onde acabou falecendo na terça-feira (29).
Segundo a polícia, Andreza Maestri e marido dela, Luciano Cunha, fugiram dos bandidos que tentaram interceptar o carro. Como não conseguiram concluir o assalto, os marginais atiraram contra o carro e acabaram atingido a turista, que estava grávida de cinco meses.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário