Bebê morre intoxicado por inseticida em Eunápolis

No bairro Alecrim II, em Eunápolis, uma menina de nove meses morreu por suspeita de intoxicação por inseticida de uso agropecuário. De acordo com a família, a criança começou a passar mal depois que ingeriu um veneno para matar lagarta. Cecília Hadassah Cardoso dos Santos chegou a ser levada para o Hospital Regional, mas morreu por volta do meio-dia de sábado (19/12), três horas depois de receber os primeiros atendimentos. A mãe contou que deixou o bebê com o avô, enquanto foi a um mercadinho do bairro. 
De acordo com ela, a criança pode ter ingerido a substância enquanto o avô realizava um reparo no botijão de gás. O veneno – segundo apurou a reportagem – era do pai de Cecília. Ele é agricultor, razão pela qual mantinha o produto em casa. A família foi encaminhada para prestar depoimento na delegacia local. De acordo com as informações, o inseticida estava dentro de um frasco. A polícia abriu inquérito para apurar o caso. É aguardado o laudo do Departamento de Polícia Técnica, que pode indicar, por exemplo, a quantidade de veneno que foi ingerida pelo bebê. (Radar 64)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário