Após falha durante vestibular, Escola Bahiana de Medicina anula processo seletivo

A Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública comunicou, em nota divulgada na sexta-feira (4), a anulação do Processo Seletivo Formativo de Medicina 2021.1, na modalidade online, em razão de instabilidades ocorridas e reportadas por uma parcela de seus candidatos durante a prova.
Uma falha durante a aplicação da primeira fase do vestibular deixou estudantes revoltados. De acordo com relatos dos próprios estudantes, as páginas virtuais onde a prova seria realizada não abriam, levando desespero aos vestibulandos. Diante da situação, a instituição, então, divulgou uma nota.
“Como a instituição sempre zelou pela qualidade e segurança de suas ações, a Escola Bahiana acredita que esta é a melhor forma de garantir a lisura e isonomia de todo o processo. Aos candidatos participantes serão disponibilizadas inscrições automáticas para um Processo Seletivo substitutivo que será realizado no próximo ano, em data a ser divulgada oportunamente. Fica ressalvada a garantia de restituição da taxa de inscrição para aqueles que não desejarem fazê-lo”.
“Como uma escola de saúde responsável, ressaltamos que a decisão de realizar o Processo Seletivo na modalidade on-line deu-se, exclusivamente, para garantir a segurança dos seus candidatos, neste momento da pandemia que, infelizmente, vem recrudescendo, não apenas em nosso estado, mas em todo o planeta”, ressalta a nota.
“Estaremos, em breve, oferecendo uma nova oportunidade para o ingresso desses candidatos em nossa escola, os quais nos honram com sua escolha, e esperamos devolver, a cada um, a confiança depositada em nós”, finaliza.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário