Alcolumbre dá as regras para votação da LDO diretamente no plenário

Ato assinado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), estabeleceu regras para a votação da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) direto no plenário. Haverá cinco dias úteis para apresentar emendas ao texto, que vai ser arredondado durante a votação.
O racha entre os grupos de Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Maia (DEM-RJ) sepultou a Comissão de Orçamento.
Para técnicos do Legislativo, o Ministério da Economia deve usar o prazo para apresentar a meta fiscal para 2021 com um número próximo à sua previsão de déficit nas contas públicas, de 3% do PIB, ou R$ 233 bi. Paulo Guedes desistiu da meta flexível.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário