Felipão questiona presença de árbitro do Pará em jogo entre Cruzeiro e Confiança


Longe da briga pelo acesso à Série A, o Cruzeiro perdeu para o Confiança na última sexta (27) por 2 a 1 no Mineirão, pela 24ª rodada da Série B. A partida deixou o técnico Luiz Felipe Scolari na bronca. Insatisfeito com a arbitragem, o experiente comandante questionou o fato de um juiz paraense, representante do Norte do país, apitar um jogo de um time sergipano, representante do Nordeste.
"Vai jogar um time de Sergipe e vem gente do Pará apitar? O pênalti poderia ser dado pelo árbitro, que estava a cinco metros do lance. Ele mandou seguir a jogada, e a menina que estava aqui fora, a 20 metros, deu o pênalti", disse.
A principal reclamação do time mineiro vem por conta do primeiro gol, marcado após uma cobrança de escanteio feita por Guilherme Castilho.
"Se a gente olhar detidamente o lance do primeiro gol, vocês vão ver que o Manoel foi empurrado, tropeçou... vocês têm na televisão. Vamos mostrar para a CBF, ou vamos ficar aí ouvindo, perdendo alguns jogos, porque está um pouco mais difícil do que a gente imaginava", reclamou.
O Cruzeiro está no 15º lugar da competição nacional, com 28 pontos. Na próxima quarta-feira (2), a equipe enfrenta o América-MG no Independência.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Bahia Extra

Melhor Site de Notícias da Bahia. Direção Erasmo Barbosa.

0 comentários:

Postar um comentário